Análise do Problema


A atividade de hoje se baseou na situação hipotética de uma ONG que recebeu, como doação, milhares de caixas de ovos vazias feitas de isopor. Nossa tarefa foi imaginar os possíveis usos (total ou parcial) desses objetos por meio de um brainstorming sistemático.

Dentro do Processo Criativo, essa atividade se enquadraria no momento de Análise do Problema, no qual devem surgir alternativas para o que se apresenta. É importante lembrar que nesse instante não devemos nos importar com a viabilidade ou fazer qualquer outro juízo de valor sobre as ideias geradas. Basta anotar o que vier a cabeça e passar a vez para outra pessoa, até acabar o tempo previamente determinado, e sem críticas. Isso será deixado para outra fase do processo.

Exemplo de brainstorming individual, por +Filippe Moreira:
Recentemente, tive uma experiência com o Brainstorm; tinha o seguintes os problemas:
  • desenvolver uma identidade visual para um canal no YouTube;
  • tempo hábil limitado;
  • limitações de quem fez o pedido.
Iniciei me desligando de interferências sonoras externas. Depois, parti para o processo de quantificação das ideias. Projetei-as no papel e as adequei aos pedidos e preferências do "cliente".
O processo foi rápido e um tanto quanto exaustivo. Ter um tema fechado condiciona a mente a pensar em mais foco em certos elementos e se esquecer de outros. Apresentei dez propostas. O "cliente" gostou de três. Juntei as três em um só projeto, mas ainda está em desenvolvimento: